Frederick Douglass | Narrativa da vida de Frederick Douglass

Em 1845, a Narrativa da Vida de Frederick Douglass foi publicada como as memórias de um jovem de vinte e sete anos que, durante sua vida, passou da condição de cativeiro em Maryland para o posto de um dos grandes porta-vozes do abolicionismo. Douglass, mais tarde, ainda se tornaria um grande diplomata, intelectual internacional e primeiro candidato negro à vice-presidência de seu país. Há quem o considere o pai do movimento dos direitos civis e principal prosador negro oitocentista.

No momento em que escreveu este livro, porém, Douglass ainda era propriedade de outrem, ao menos segundo a lei de seu estado natal. Parte da força da obra reside em sua argumentação eloquente contra a cultura judicial dos Estados Unidos, que, afinal, permitia a brutalização de seres humanos em nome do lucro e da tradição. Antes de uma simples autobiografia, portanto, este livro é um manifesto prático da emancipação do negro: sua história ilustra não a simples conquista da condição de homem livre, mas a transformação de um homem brutalizado em um dos grandes intelectuais do século XIX.

Ficha técnica​
Título original Narrative of the Life of Frederick Douglass, an American Slave. Written by himselfLançamento 1845 nos EUA
Gênero Narrativa de Escravos
Período antebellum, Abolicionismo
Tradução e edição Leonardo Poglia Vidal
Revisão Caroline Navarrina de MouraAno 2018
Número de páginas 164 pp.
ISBN 978-85-94447-06-7
Formato 14 x 21 centímetros
Miolo Papel Pólen Bold
Brochura

Edição comentada da mais importante narrativa de escravos dos EUA. Traz um prefácio do autor, uma introdução assinada por Caroline Navarrina de Moura. Traz como apêndice o artigo “Como escapei da escravidão”, de 1881

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *