Notas sobre a tragédia burguesa

Nosso primeiro lançamento, Maria Madalena (1844) de Hebbel, é considerado a última tragédia burguesa e iniciador de uma tradição de dramas sociais em seu país. Neste artigo, discutiremos alguns conceitos centrais da historiagrafia literária alemã que talvez não sejam muito familiares por aqui. Consideremos ao que era reservado os palcos naquela altura: por influência da cultura neoclássica … Continue reading Notas sobre a tragédia burguesa