Jack London | A força dos fortes

A força dos fortes foi primeiramente publicado pela editora Macmillan em 1914. O volume reúne alguns dos contos mais célebres da fase média de Jack London, incluindo suas aventuras marítimas O pagão e O lavrador do mar, dois relatos extremamente sensíveis sobre amizade, adaptação e amor, escritos na esteira dos romances de Herman Melville e Joseph Conrad.​ O segundo grupo temático presente no volume é composto por A invasão sem precedentes, O inimigo do mundo todo e o texto que batiza a coletânea, A força dos fortes. Todos são contos de ficção especulativa, isto é, partem de um grande e se isto acontecesse? para discutir possíveis desdobramentos alternativos dos eventos históricos que conhecemos. A obra que intitula o volume, A força dos fortes, é ambientada na pré-história. Um velho explica aos netos os motivos de sua antiga tribo ter sido dizimada. Eles inventaram o dinheiro, a religião e o patriotismo, desviando-se de seu objetivo primário: viver harmonicamente num ambiente hostil e repleto de predadores. Trata-se de uma alegoria muito bem elaborada da trajetória da civilização, de seu início até as vésperas da Primeira Guerra Mundial, confrontando-nos com uma realidade alternativa em que a humanidade aprende com erros que até hoje nos assolam.                    
 O terceiro grupo temático é representado por Ao sul da fenda e O sonho de Debs, obras que revelam London como porta-voz da causa socialista nos EUA do início  do século XX. Em ambas as obras encontramos importantes relatos a respeito das tensões sociais da era Theodore Roosevelt, além de exemplos paradigmáticos do ‘conto-tese’, modalidade de escrita desenvolvida por London para articular suas ideias políticas. 

Artigo Bibliografia sobre Jack London
Artigo Jack London em português
Prefácio As Mil faces de Jack London, de F. V. Silva

Ficha técnica​Título original The Strength of the Strong
Lançamento 1914 nos EUA
Gênero Conto
Período Naturalismo, pré-modernismo  
Tradução e edição Felipe Vale da Silva
Revisão Sabrine Ferreira da Costa
Ano 2017
Número de páginas 208 pp.
ISBN 978-85-94447-02-9
Formato 14 x 21 centímetros
Miolo Papel Pólen Bold
Brochura
Edição comentada. Conta com os oito contos que compõe a edição original, um prefácio do editor brasileiro, um glossário de termos náuticos utilizados por London e seis imagens.