0 0
Read Time:1 Minute, 6 Second

Kanikōsen é um marco na literatura proletária no Japão. Conta a história de um grupo de trabalhadores de um dos famigerados navios-fábrica, embarcações pesqueiras que contavam com instalações para conserva e embalagem de alimentos enlatados. Elas saiam do norte do Japão para o gelado mar de Okhotsk (na Rússia) em busca de caranguejos — nem todos os trabalhadores, porém, voltavam vivos para contar sua história devido às terríveis condições de salubridade e segurança ali encontradas.

Logo os eventos dentro do navio assumem ares de uma representação dos reveses do capitalismo moderno e da conscientização da classe trabalhadora. Os trabalhadores em questão se organizam e fundam um sindicato em alto-mar, buscando medidas para tomar controle do navio. Kobayashi cria aqui um brilhante microcosmo do que seria uma revolução proletária no Japão imperial.

TituloKanikōsen: o navio caranguejeiro
Titulo Original Kanikōsen
Autor Takiji Kobayashi
小林 多喜二
Editora Aetia Editorial
TradutorIvan Luis Lopes
ISBN 978-65-87491-14-1
CategoriaLiteratura Japonesa
IdiomaPortuguês
Tipo de EncadernaçãoBrochura
Formato16 x 23 cm
Peso250 g
Quantidade de Páginas120
Titulo da Coleção
Ano da Edição 1ª Edição – 2021
Primeira conversa com o tradutor Ivan Luis Lopes sobre o contexto de escrita do livro.
Segunda conversa com o tradutor sobre a literatura japonesa nos anos 1920
Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
100 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Previous post Fantasmagoriana, de Jean-Baptiste Benoît Eyriès (ed.)
Next post Shanghai, de Riichi Yokomitsu